Buscar
  • Juliana

CABO OU FIO?

Atualizado: 25 de jan.

Fios e cabos elétricos não são a mesma coisa. Eles possuem a mesma finalidade, que é a de conduzir a energia da fonte para a carga em um circuito elétrico. Ambos podem ser fabricados a partir de cobre ou alumínio, metais que são excelentes condutores por conta da menor resistência à passagem da corrente.


Fio – O fio é composto por um único e espesso filamento, cuja seção pode variar entre 0,5 e 16 mm². Os condutores podem ser sólidos (Classe 1), encordoados (Classe 2) ou flexíveis (Classes 4, 5 e 6). O fio é Classe 1. “O fio é pouco flexível em instalações onde é necessário passá-lo por curvas“, explica João de Paula, gerente de produto do Grupo Prysmian, líder mundial em cabos e sistemas de energia e de telecomunicações. “É encontrado usualmente em quadros elétricos“.


Cabo – O cabo é formado por vários filamentos finos e entrelaçados, que pode reunir milhares de fios e atingir uma seção de até 2.500 mm². Quanto maior o número de fios em um cabo, maior será a flexibilidade dele, o que faz com que existam as classes flexível (4) e extra flexível (5 e 6). “Cabos flexíveis são mais fáceis de instalar pois podem ser dobrados e deslizam melhor pelos dutos“, explica João.


FONTE: REVISTA POTÊNCIA.


Gostou? Tem uma sugestão? Esta procurando produtos para a tua rede? Entra em contato com a gente e conheça nosso Portifólio de produtos para redes de telecomunicações.


#revistapotencia #dttelecom #dtresponde #telecomunicacoes #tecnologia #cabos #prysmian #caborigido #caboflexivel #fiooucabo #condutores

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo